Image Map

28.10.12

MILHO, o grande vilão!


O milho pode ser um grande vilão no seu mix de sementes, pois pode causar tumores e várias lesões em seu hamster. A seguir temos a reportagem da Redação de Brasilia:
"Os ratos que foram alimentados com uma dieta ao longo de suas vidas com linhagens de milhos modificados geneticamente sofreram tumores e lesões em múltiplos órgãos.



O controverso estudo francês foi publicado em 19 de setembro, levantando sérias questões sobre a segurança dos alimentos modificados pela Engenharia Genética, além de abordar questões sérias como a suposta segurança e garantia de confiabilidade que as empresas e os governos atestam.

Os ensaios envolveram ratos alimentados com milhos modificados. Os resultados foram assustadores: grande incidência de tumores de mama, de fígado e sérios danos nos rins!

O Dr. Michael Antoniou, biólogo molecular do Kings College em Londres, é um especialista em alimentos modificados e deu entrevista ao portal britânico DailyMail. Segundo ele, os números são extraordinários e mostram evidências sérias do desenvolvimento de tumores de forma agressiva, particularmente em fêmeas. Ele ainda declarou estar chocado com os impactos negativos extremos na saúde dos ratos.

A pesquisa foi realizada pela Universidade de Caen, na França, e tem sido revista por cientistas independentes para garantir que os experimentos foram realizados adequadamente com resultados válidos.

Este é o primeiro olhar sobre o impacto da dieta com alimentos geneticamente modificados ao longo de dois anos. Até à data, as avaliações de segurança sobre os transgênicos foram baseadas em estudos com duração de apenas 90 dias.

O milho foi geneticamente modificado para resistir à pulverização de produtos químicos como o glifosato, principal substância do herbicida Roundup, fabricado pela Monsanto. A ideia é que o milho não morra no processo de pulverização com esse herbicida, não danificando os grãos, ao passo que as ervas daninhas são destruídas.

Os testes examinaram o impacto de diversos cenários, incluindo a ingestão do milho NK603 geneticamente modificado, plantações pulverizadas com Roundup e outras situações pertinentes. Os testes foram comparados com grupo controle de milho sem modificações genéticas ou contato com o herbicida.

Os pesquisadores descobriram:Ø De 50 a 80% dos ratos do sexo feminino desenvolveram enormes tumores a partir do 24º mês, com no máximo 3 tumores por animal. Apenas 30% dos ratos do grupo controle desenvolveram os tumores.
Ø Até 70% das fêmeas morreram prematuramente em comparação com apenas 20% do grupo controle.
Ø Os tumores em ratos de ambos os sexos apareceram 3 vezes mais comparado com ratos alimentos com milho sem modificação.
Ø Enormes tumores aparecem nas fêmeas após 7 meses, fato este que só ocorreu depois de 14 meses no grupo controle. A equipe informou que os tumores eram prejudiciais à saúde provocando dificuldade respiratória.
A maioria dos tumores só apareceu após 18 meses – o que significa na prática que eles só podem ser descobertos em ensaios de longa duração..." Clique aqui para visualizar a reportagem completa



!

4 Comments:

Helter Stelker said...

depois de ler isso tirei todo o milho da ração do meu hamster '-'
sempre veio milho na ração, não sabia que fazia tão mal

Danielle Fagian said...

Nossa eu nem sabia, meus hamsters não gostam muito de milho, ainda bem né rs, eu tirarei todas apartir de amanha @

amanda santos said...

eu tbm

Ellen Brandão said...

um dos meus hamsters, morreu por causa de um simples e perigoso MILHO... depois da morte dele, comprei uma ração sem o milho, pois foi uma perda grande, porque meus hamster são e sempre vão ser meus filhotes...E achei legal de sua parte informar isso, para que outras pessoas não passem pelo mesmo que eu passei.. e parabéns pelo blog...

Postar um comentário

Dúvidas? Comente!
Não esqueça de se identificar